967 564 420 tania_cunha_@hotmail.com
Perder-se E Encontrar-se

“Perder-se e Encontrar-se”

Perder-se e encontrar é um processo de toda uma vida. É na verdade algo de belo e interessante. Podemos pensar que estamos perdidos, mas se tivermos uma visão mais profunda, qual é, ao fim e ao cabo, o nosso verdadeiro destino?

Pare e preste atenção às áreas da sua vida em que se sente perdido, ou onde se sente que está a desencaminhar. Dedique alguns momentos a aperceber-se de que isto faz parte da condição humana e que não significa que haja algo de errado consigo. A culpa é desnecessária. Seja amável consigo próprio e respeite-se. É extraordinário aperceber-se de que está perdido.

O primeiro passo para se encontrar é ter consciência de que perdeu o norte. Tente igualmente perceber se saberia como regressar à sua base original, por esta altura já deverá ser capaz de o perceber.

Descubra se sente vontade de tentar uma nova forma de se encontrar. Veja se está disposto a simplesmente estar inteiro onde está, a cada passo do caminho. Experimente imaginar um pouco isto todos os dias e repare no que acontece. Tome consciência de como é  estar com as coisas de que gosta ou que não estão necessariamente a faze-lo feliz. Pratique isto com os seus relacionamentos. Não tente decidir o que vai acontecer a seguir, ou de que forma irá mais fundo ou retirar-se completamente, basta que dê o passo que está a dar neste momento com todo o seu ser.

Lembre-se que o nosso corpo tem a capacidade de nos ensinar aquilo que precisamos saber. Em primeiro lugar, o nosso corpo deve encontrar o equilíbrio, então a própria forma como caminhamos sobre a terra mostrar-nos-á qual próximo passo a dar.